Warning: preg_match() [function.preg-match]: Unknown modifier '2' in /home/rgb/public_html/area_restrita/classes/RepositorioSQL.php on line 506
Sertãozinho
Telefone +55 16 3947-1343
Ribeirão Preto
Telefone +55 16 3234-9343
Novidades

22ª Fenasucro de Sertãozinho Estima Gerar R$ 2,2 Bilhões em Negócios

26/08/2014 Voltar
Imagem retirada de http://www.oregional.com.br/2014/08/22-fenasucro-de-sertaozinho-estima-gerar-r-2-2-bilhoes-em-negocios_311485

A 22ª Fenasucro – maior feira do setor sucroenergético do mundo – que ocorre em Sertãozinho até terça-feira (26) está movimentando o turismo de negócios e a economia da cadeia produtiva da cana-de-açúcar. A expectativa de negócios gerados na feira é de R$ 2,2 bilhões.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Feira, para fomentar ainda mais o mercado mundial, a Fenasucro é palco da Rodada Internacional de Negócios APLA/Apex – Brasil que deve gerar mais de US$1,6 mi. “Durante as reuniões é possível ofertar soluções completas para a produção e processamento de cana-de-açúcar, serviços, máquinas e equipamentos agrícolas e industriais. Outro ponto importante é o pré-credenciamento online que já apresenta aumento de 250% comparado ao mesmo período do ano passado”, informa o setor.

Deste montante, 64% dos pré-credenciados possuem cargos de liderança nas empresas representadas. “Mais de 20% dos nossos pre-credenciados apresentam poder de compra de mais de R$ 1 milhão. Estamos com boas expectativas quanto à intenção de compra dos visitantes”, aponta o diretor da Fenasucro Gabriel Godoy. A Fenasucro, tradicionalmente, atrai a presença de compradores internacionais, sendo que, neste ano, representantes de 28 países já estão confirmados.

Organizada pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, em parceria com o realizador – CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), a 22ª edição da feira gera mais de 18 mil empregos diretos e indiretos, sejam na rede hoteleira, alimentação ou de fornecedores de serviços (montagens, limpeza, segurança, etc), fomentando a economia da cidade e da região.

Fonte: O Regional, escrita por Karla Sibro